O PORTAL DA PSICOTERAPIA E DA PSICANÁLISE RELACIONAL
Ligue-se à Appsi

Livros em destaque – APPSI

Livros em destaque – APPSI

Michael Eigen – Faith

35458Michael Eigen é um dos mais importantes e inovadores autores da Psicanálise contemporânea. O seu mais recente livro, Faith, aborda o papel da Fé no processo psicoterapêutico. O seu trabalho prévio distinguiu a fé das crenças que a organizam e que funcionam, segundo o autor, como uma defesa contra a Fé. Neste novo livro, aborda a experiência de Fé em si mesma e partilha as suas perspectivas e descobertas.
Os primeiros capítulos versam sobre as variações da Fé, como a natureza, bondade, beleza e o paradoxo do aumento da Fé através de experiências de dor e sofrimento. Relatos da própria vida do autor ligam-se a leituras criativas de Winnicott e meditações sobre o mal. Um capítulo é especificamente dedicado ao ensino e aprendizagem de Bion, que designava a fé como a atitude psicanalítica (ou a atitude psicanalítica como Fé). Um outro capítulo aborda as variantes quotidianas de participação mística e um momento climático na Zohar, uma parte fundamental da Cabala.
Considerado como uma meditação profundamente inspiradora acerca da vocação psicanalítica, o livro termina com entrevistas ao autor, acerca do seu desenvolvimento enquanto psicoterapeuta-psicanalista, as suas perspectivas a propósito da saúde mental e da sociedade actuais e uma nota relativamente ao trabalho sobre a Fé.

 

51s1luGsYrL._SX331_BO1,204,203,200_Frank Summers – The Psychoanalytic Vision: The Experiencing Subject, Transcendence, and the Therapeutic Process

Frank Summers enriqueceu-nos com a sua lucidez e presença cativantes no último Colóquio da APPSI/IARPP-Portugal. Figura de relevo na contemporaneidade da Psicanálise norte-americana (e não só), a sua última obra data de 2013 e oferece uma visão da terapia analítica em completa oposição ao sistema de valores culturais de objectificação, quantificação e materialismo, afirmando, assim, a importância do subjectivo em contraste com a cultura da objectificação.
Considera que a terapia psicanalítica, assente na filosofia fenomenológica da qual retira a sua epistemologia e fundamentos éticos únicos, não tem lugar para conceitos reificados. Deste modo, Frank Summers reformula noções fundamentais, como o inconsciente e o intrapsíquico, de modo a eliminar elementos de reificação.
Numa abordagem teórica e clínica original, The Psychoanalytic Vision oferece uma reformulação de aspectos clínicos fundamentais, tais como sonhos, tempo e a experiência do outro, devidamente acompanhados de ilustrações clínicas pertinentes.
A última parte do livro lança ainda um olhar pertinente ao papel que as crenças e os valores da cultura contemporânea desempenham nas mais diversas formas de psicopatologia.

 

51GFboEuHHL._SX331_BO1,204,203,200_Neil Altman – Psychoanalysis in an age of accelerating cultural change: spiritual globalization

O mais recente livro de Neil Altman aborda as questões de saúde mental nos sectores público e privado do mercado de trabalho, enfatizando as dificuldades dos centros comunitários de saúde mental que, com crescentes limitações, tendem a promover terapias de curta duração e o uso de medicação, ao mesmo tempo que a Psicanálise permanece como uma abordagem apenas ao alcance de poucos. Altman considera que a saúde mental tem sofrido com o mútuo isolamento da Psicanálise, do trabalho clínico comunitário e dos estudos culturais.
Defende, deste modo, e demonstra-o ao longo do livro, que estas diversas áreas de estudo se enriquecem e potenciam mutuamente: a Psicanálise beneficia em se alargar e imiscuir nas comunidades marginalizadas; o trabalho clínico comunitário ganha uma expressão diferente com os conceitos psicanalíticos e todas as formas de trabalho clínico beneficiam com um maior conhecimento do meio cultural em que se inserem.
Fortemente influenciado pela vasta experiência clínica e comunitária do seu autor, o livro segue uma linha de pensamento original e sustentada em descrições clínicas enriquecedoras, explorando as diferenças culturais a propósito da concepção de saúde mental, mantendo como pano de fundo constante as noções de globalização e o seu efeito nas pessoas, desde o respectivo impacto psicológico aos recursos e programas disponíveis que visam providenciar apoio psicológico a um nível internacional.
Uma obra de grande relevo e interesse para psicanalistas, psicoterapeutas, estudantes e profissionais comunitários.

Print Friendly

Other Posts

Próximos Eventos